Pages

Ads 468x60px

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Jesus na eucaristia!!! \ô/ \ô/

                 Jesus na eucaristia!!! \ô/ \ô/                             
Boa taarde galera! recebi um email falando sobre a eucaristia, e achei muuuito legal, esclarece muitas das duvidas que algumas pessoas tem sobre a eucaristia, muitas vezes eu ja escutei falarem que a comunhão é apenas um ritual, que é apenas um pedaço de pão e um calice de vinho, mas será que é só isso mesmo? 

E ai, você sabe o que é Eucaristia?

No Dicionário Aurélio a resposta é: 
"Um dos sete sacramentos da Igreja Católica, no qual Jesus Cristo se acha presente sob as aparências de pão e vinho, com o seu corpo, alma e divindade"

Você acredita Nisso?
Será possível?
Será apenas um ritual?
Será tudo uma mentira?

Mil perguntas vem a nossa cabeça. Vamos ver então alguns milágres que foram comprovados por cientistas!
                         
                                                                          BOLSENA-ORVIETO, ITÁLIA
Em 1263, um padre alemão achava difícil acreditar que Cristo estivesse realmente presente na hóstia consagrada. Enquanto celebrava uma missa e dizia: “Este É o meu corpo..., Este É o meu sangue...”, então, sangue começou a jorrar da hóstia e a pingar sobre o altar. O papa ouvindo a história mandou investigar imediatamente. Quando todos os fatos foram confirmados, ele fez uma grande celebração e colocou a hóstia milagrosa em exibição na Catedral de Orvieto. Um ano após o milagre, em agosto de 1264, o papa Urbano IV instituiu a festa de Corpus Christi, celebrada até os dias de hoje em todo o mundo.
                                                                         

                                                                            LANCIANO, ITÁLIA

Há 700 anos atrás, um outro padre também duvidava que a eucaristia pudesse ser o corpo e o sangue de Cristo.  Afinal, tudo o que ele via era um pedaço de pão e um cálice com vinho sobre o altar. Aconteceu o mesmo que em Bolsena, enquanto eram repetidas as palavras de Jesus: “Tomai todos e comei, este É o Meu corpo… Tomai todos e bebei, este É o Meu sangue…” A hóstia consagrada se transformou em carne e sangue na frente de todos. O sangue após 700 anos está coagulado, mas é fresco como novo. Isto está comprovado pela ciência.

Pelos exames científicos (Fotometro Cromoscan). O perfil das frações de cerume tem comportamento normal e semelhante ao de cerume de sangue fresco.  Desde 1574, vários exames já foram realizados.  Em 1971 e em 1981, cientistas de renome internacional conduziram investigações sobre o milagre de Lanciano. Como resultado concluíram que:                                                                 •Trata-se de carne e sangue humano.                                                                                      •A carne é tecido muscular do coração humano do ventrículo esquerdo.              •A carne é um “coração” completo em sua estrutura essencial.                                   •A carne e o sangue são do tipo AB (o mesmo encontrado no Sudário de Turim). •O fato do sangue continuar fresco é um fenômeno extraordinário.
Você ainda não acredita?
Tudo isso é só uma graande mentira?

                                                                                   NAJU, CORÉIA - 1.994
Em novembro de 1.994, uma jovem chamada Julia, teve a Eucaristia transformada em carne e sangue dentro de sua boca enquanto o padre colocava a hóstia consagrada em sua língua.  Estavam ali muitas testemunhas. Os milagres voltaram a acontecer diversos dias nos anos seguintes. 
Em 31 de outubro de 1.995, Julia foi ao Vaticano e enquanto recebia a comunhão das mãos do Papa João Paulo II a eucaristia se transformou em carne e sangue ao mesmo tempo em que tocava a língua dela. O Papa testemunhou pessoalmente o milagre.  
Como de costume, a igreja tem um logo processo de investigação cientifica para verificar a veracidade dos milagres.. E ainda não concluiu os estudos científicos sobre os milagres eucarísticos de Naju.
"Feliz aqueles que crêem sem ter visto" (João, 20, 29)

A Eucaristia é o corpo e o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo! Jesus vem até nós todos os dias até nós atravez de um simples pão, Ele tão humilde se faz pequeno para estar conosco! Glórias a Deus pela eucaristia, glorias a Deus pelos nossos Padres! sem eles não teriamos a eucaristia consagrada e transformada em corpo e sangue de Cristo jesus!

A Eucaristia é o alimento da alma. Alimente a sua alma e verás o poder da presença de Deus na sua vida e na de todos que estão a sua volta.




O sacerdote!!!


                                                     O Sacerdote

O texto hoje é uma homenagem a todos os sacerdotes, que entregam diariamente suas vidas a Deus! Boa leitura! 
A ordem: é um sacramento que não parece dizer nada a nenhum de vocês, mas diz respeito a todos.É o sacerdote quem continua a obra da Ressurreição na terra.Quando vocês vêem o sacerdote, pensem em Nosso Senhor Jesus Cristo.O sacerdote não é sacerdote para si mesmo, mas por vocês.Tentem se confessar com a Santa Virgem ou com um anjo. Eles os absolverão? Darão o corpo e o sangue de Nosso Senhor a vocês? Não, a Santa Virgem não pode trazer seu divino Filho na hóstia. Ainda que vocês tivessem duzentos anjos a sua disposição, eles não poderiam absolvê-los. Um sacerdote, por mais simples que seja, pode fazer isso. Ele pode lhes dizer: vão em paz, eu os perdôo.Oh, o sacerdote é algo realmente grande!Um bom pastor, um pastor de acordo com o coração de Deus, é o maior tesouro que o bom Deus pode conceder a uma paróquia, e um dos dons mais preciosos da misericórdia divina.O Sacerdócio é o amor do coração de Jesus.Deixem uma paróquia vinte anos sem sacerdote: ali os animais serão adorados.
 Excertos das palavras do Santo Cura d’Ars:Com suas palavras, João Maria Vianney soube tocar os corações e guiá-los para Deus

Evangelho do Dia!

                                                     Evangelho do Dia- 30/05/2012
                                                                                                             Mc 10,32-45

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 32discípulos estavam a caminho, subindo para Jerusalém. Jesus ia na frente. Os discípulos estavam espantados, e aqueles que iam atrás estavam com medo. Jesus chamou de novo os Doze à parte e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele: 33“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem vai ser entregue aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos. 34Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo. E depois de três dias ele ressuscitará”.
35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “Que quereis que eu vos faça?” 37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda quando estiveres na tua glória!” 38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber, e sereis batizados com batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.
41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João.42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande, seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Não tenhais medo, avançai para águas mais profundas!


                    Não tenhais medo, avançai para águas mais profundas!

   São Lucas, 5, 1-11
1. Certo dia, Jesus estava à beira do lago de Genesaré, e a multidão se comprimia a seu redor para ouvir a Palavra de Deus.
2. Ele viu dois barcos à beira do lago; os pescadores tinham descido e lavavam as redes.
3. Subiu num dos barcos, o de Simão, e pediu que se afastasse um pouco da terra. Sentado, desde o barco, ensinava as multidões.
4. Quando acabou de falar, disse a Simão: “Avança mais para o fundo, e ali lançai vossas redes para a pesca”.
5. Simão respondeu: “Mestre, trabalhamos a noite inteira e não pegamos nada. Mas, pela tua palavra, lançarei as redes”.
6. Agindo assim, pegaram tamanha quantidade de peixes que as redes se rompiam.
7. Fizeram sinal aos companheiros do outro barco, para que viessem ajudá-los. Eles vieram e encheram os dois barcos a ponto de quase afundarem.
8. Vendo isso, Simão Pedro caiu de joelhos diante de Jesus, dizendo: “Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um pecador!”
9. Ele e todos os que estavam com ele ficaram espantados com a quantidade de peixes que tinham pescado.
10. O mesmo ocorreu a Tiago e João, filhos de Zebedeu e sócios de Simão. Jesus disse a Simão: “Não tenhas medo! De agora em diante serás pescador de homens!
11. Eles levaram os barcos para a margem, deixaram tudo e seguiram Jesus.




Não tenhamos medo dos projetos de Deus para nós... sejamos, como Jesus convidou, pescadores de homens. Lutemos a cada dia para ajudar nossos irmãos que estão se afogando no mar das coisas do mundo!!!

Fiquem com Deus!

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Experimente silenciar!


                                                                                         
                                                                                         Experimente silenciar!



Olá, galera! Paz e bem!
Um dos grandes erros que cometemos, nos dias de hoje, no que diz respeito ao seguimento de Cristo e até mesmo ao exercício de alguma função é o não saber silenciar.
Você já parou para pensar como facilmente perdemos a concentração? Qualquer barulho, por mais simples que seja, nos tira o foco, chama a nossa atenção e nos desvia do objetivo.
Já não bastasse essa tendência natural, o mundo também tem nos estimulado nisso, pois tudo é muito “barulhento”: as músicas, os carros, a rua. Não “escutamos o silêncio”, não ouvimos a voz da natureza, não ouvimos nem mesmo o irmão que está ao nosso lado, que mora conosco, que trabalha no mesmo departamento, e ainda mais: não ouvimos a voz de Deus, que fala no silêncio. Já percebeu que quando chegamos em casa a primeira coisa que fazemos é ligar o televisor ou o aparelho de som?

Se não soubermos silenciar, não escutaremos a voz de Deus, não escutaremos o irmão, não escutaremos nem mesmo a nossa consciência, e é nesse ponto que o erro acontece, erro que pode modificar uma vida inteira.
Ah, como seria bom se aprendêssemos a silenciar, como fazem os monges, os eremitas, os santos, os estudiosos, os místicos! Homens e mulheres que se refugiam em locais especiais, que de especial estes têm o silêncio, a natureza, a solidão. E quando não há ninguém por perto encontramos a Deus, encontramos a nós mesmos, encontramos a todos.
O silêncio é a primeira canção que o ministro de música precisa ouvir. Saber conviver com a solidão é sinal de maturidade espiritual.
A princípio não é fácil lidar com o silêncio, temos dificuldades. Mas isso é de se esperar, pois não estamos acostumados. No entanto, com disciplina e perseverança, tornamos o que não é natural em algo espontâneo.

Experimente silenciar. Deus abençoe.

DOCE DESEJO!!!


                                                                                                 
                                                                                                     DOCE DESEJO


Desejo ardentemente entregar-me a ti, fazer de ti meu único e verdadeiro ideal.

Desejo confiar plenamente em tuas graças a ponto de me lançar em águas tão profundas, que nem mesmo à sabedoria humana com suas tecnologias conseguiriam alcançar.

Desejo me tornar um portador da graça e um verdadeiro instrumento em tuas mãos.

Desejo ser usado da forma que melhor lhe aprouver para que as pessoas possam se tornar novas; novas criaturas, novas almas e coração transformado.


Desejo me recolher de tudo e de todos como fizeste no deserto, para conhecer os meus limites.

Desejo mostrar aos outros a alegria de ser teu, de ter em ti os meus olhares e de confiar plenamente que tu provéns o que realmente desejamos, assim como provê o sustento dos pássaros que em ti confiam.

Ó, quão doloroso tem sido o esperar da noite para entrega da minha vida, sinto-me como uma mãe que vê o seu filho partir logo de manhã e o aguarda ansioso para poder cuidar do seu cansaço.

Sinto o ardente desejo de um dia, reunir pessoas apaixonadas pelo mesmo ideal, e, mostrar a todos que a transformação dos seres humanos não é utopia, mas sim um esforço de cada um fazendo a sua parte.

Como eu queria..... Como eu queria.....

Sinto-me amarrado aos desejos terrenos, sinto-me preso às correntes que não apertão meus tornozelos nem braços, mas que sufocam a minha alma e que me impede de gritar pelo seu nome, por você.

Sinto-me preso às minhas prisões pessoais, vicissitudes incompreensíveis para quem vê de fora, mas conhecidas por ti que me conhece por dentro.

Como eu queria ver a juventude em único tom, louvar o teu nome, fazer tua vontade.

Sinto a igreja como um gigante adormecido, que pelos desejos terrenos foi se acostumando a tudo que foi apresentado.

Não conseguimos mais lutar contra os velhos hábitos, pois descobrimos que podemos conviver com certos pecados.

Não preciso doar a minha vida no final de semana à tua obra, pois tenho o domingo para pedir perdão e recebê-lo na comunhão. Recebê-lo de forma indigna, de forma desmerecedora.

Não tenho o zelo em segurá-lo como em nosso primeiro encontro quando realizei a primeira comunhão. Não mais dobro o meu joelho e meu coração para o meu momento contigo, sinto maior atração na fila das pessoas que seguem em tua direção e em meus pensamentos apenas julgo não serem elas dignas em recebê-lo, pois não tem feito nada a merecer, mas percebo, que quem nada fez por merecê-lo sou EU.

Eu não o escutei quando me chamava, também fingi não escutar quando ouvi sua voz.

Mesmo falando ao meu coração os teus planos em minha vida e na vida daqueles que me rodeiam, decidi calar os meus pensamentos. Mas, mesmo tentando calar os meus pensamentos, tua voz grita no peito.

Peço perdão à noite, retorno ao pecado pela manhã. Rogo por tua intercessão no domingo, mas durante a semana me vanglorio com as vitórias que não reconheço que foram tuas.

SENHOR ME AJUDA

SIM EU QUERO LHE AJUDAR, O QUE DESEJAS? (diz o Senhor)

Na verdade Senhor sei o que desejo, mas reconheço que as limitações que imagino possuir não me deixam ir além, pois sempre que desejo me doar a ti, imagino o pensamento das pessoas me repreendendo por tal decisão e me falando que não sou capaz.

Sim Senhor lhe desejo, como sempre o desejei, mas diferente do que antes, hoje estou mais sujo, mais cansado pelo fardo que construí para mim mesmo e que hoje não tenho forças para carregar.

Tenho preguiça ao chamado de minha mãe, nenhuma paciência para os puxões de orelha que minha irmã me faz e sinto extremamente impotente, frente aos desaforos proferidos em grande dose pelo meu irmão.

Sim Senhor, lhe desejo, e, continuarei lhe desejando, mas diferente do que antes, pois sei que mesmo sujo e cansado pelas quedas do meu caminho, encontro em ti a minha paz e esperança e sei que para te encontrar preciso somente de uma coisa, ME ENTREGAR EM TEUS BRAÇOS!
                                                                                                                                           = )

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Evangelho do Dia!!

                                                         Evangelho do Dia- 25/05/2012
                                                                                                               Jo 21, 15-19

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.


Jesus manifestou-se aos seus discípulos 15e, depois de comerem, perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?” Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse: “Apascenta os meus cordeiros”.
16E disse de novo a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro disse: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas”. 17Pela terceira vez, perguntou a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro ficou triste, porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava. Respondeu: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas. 18Em verdade, em verdade te digo: quando eras jovem, tu te cingias e ias para onde querias. Quando fores velho, estenderás as mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres ir”.
19Jesus disse isso, significando com que morte Pedro iria glorificar a Deus. E acrescentou: “Segue-me”. 




- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.



quinta-feira, 24 de maio de 2012

Evangelho do Dia!!

                                          Evangelho do Dia- 24/05/2012
                                                                                                    Jo 17,20-26



— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos ao céu e rezou, dizendo: 20“Pai santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra; 21para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste. 
22Eu dei-lhes a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: 23eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim. 24Pai, aqueles que me deste, quero que estejam comigo onde eu estiver, para que eles contemplem a minha glória, glória que tu me deste porque me amaste antes da fundação do universo. 25Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes também conheceram que tu me enviaste. 
26Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o tornarei conhecido ainda mais, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”. 




- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.




terça-feira, 22 de maio de 2012

Dar tempo para o tempo de Deus!

                                                                   

As vezes me pego brigando com Deus a respeito do tempo...

Que tempo é o meu diante de Deus? Qual é o espaço que ocupo? TEMPO E ESPAÇO. Vocês já pararam para pensar quanta coisa se esconde por detrás dessas duas palavras? Pois eu digo: nessa “duziazinha” exata de letras residem toda a nossa mortalidade, insignificância e efemeridade diante do universo. E, também, podem apostar, toda a nossa grandiosidade. 
Tempo e espaço são nossos desafios supremos. Brigamos com eles desde que mastigávamos animais crus em cavernas escuras - e continuamos a enfrentá-los agora que já pusemos os pés na Lua e podemos enviar mensagens instantâneas para qualquer parte do mundo. 
Mas o que me fez pensar em coisas tão imensas e complicadas como essas? Às vezes me pego brigando com Deus a respeito do tempo… Quantas demoras. Passado que se torna presente e futuro incerto! 
Tempo e espaço. Categorias tão distantes e próximas. Tão incertas e certas! Contrários que se encontram. 
Quantas vezes reclamamos de algo ter saído diferente do que queríamos e mais tarde percebemos que foi melhor como aconteceu? Nosso Deus é sábio e quer o melhor para nós, quer que nossa alegria seja completa. O tempo, para Ele, não está limitado no que conhecemos como noção de tempo: passado, presente e futuro. Ele tem planos para a eternidade. O eterno que me espera. 
Hoje concluo que é preciso dar tempo ao tempo de Deus! Deus é atemporal! Quer dizer: não tem tempo, é o mesmo ontem, hoje e sempre. Mas, interessante: mesmo sendo atemporal se encaixa no tempo e mexe na história. Localiza-se em meu espaço e me lança no tempo… 
Não tenha receio de dar tempo para o tempo de Deus.




                                                                                   Fonte: Canção Nova/ por: Adriano Gonçalves

A felicidade dos namorados está na grandeza da alma!


                               A felicidade dos namorados está na grandeza da alma

                                
                      Nem sempre será fácil para você começar e terminar um namoro 

Já vai muito longe o tempo em que os pais arranjavam os casamentos para os seus filhos. Se você quer encontrar alguém terá que procurá-lo. Normalmente, é no próprio ciclo de amizades e ambiente de convívio que os namoros começam. Sabemos que o ambiente molda, de certa forma, a pessoa; logo, você deverá procurar alguém naquele ambiente que há os valores que você preza. Se você é cristão, então, procure entre famílias cristãs, ambientes cristãos, grupos de jovens, entre outros, a pessoa que você procura.

O namoro começa com uma amizade, que pode ser um pré-namoro que vai evoluindo. Não mergulhe de cabeça num namoro, só porque você ficou "fisgado" pelo outro. Não vá com muita sede ao pote, porque você pode quebrá-lo. Sinta primeiro, por intermédio de uma pura amizade, quem é a pessoa que está à sua frente. Talvez já nesse primeiro relacionamento amigo você saberá que não é com essa pessoa que você deverá namorar. É o primeiro filtro, cuja grande vantagem é não ter ainda qualquer compromisso com o outro, a não ser de amigos.

Nem sempre será fácil para você começar e terminar um namoro. Especialmente hoje, com a maior abertura do país, logo as famílias são também envolvidas, e isso faz o namoro se tornar mais compromissado. Se você não explorar bem o aspecto saudável da amizade, pode ser que o seu namoro venha a terminar rapidamente porque você logo se decepcionou com o outro. Isso poderia ter sido evitado se, antes, vocês tivessem sido bons amigos. Não são poucas as vezes em que o término de um namoro envolve também os pais dos casais, e isso nem sempre é fácil de ser harmonizado.

O namoro é o encontro de duas pessoas, naquilo que elas são e não naquilo que elas possuem. Se você quiser conquistar um rapaz só por causa da sua beleza ou do seu dinheiro, pode ser que amanhã você não se satisfaça mais só com isso. Às vezes uma pessoa simpática, bem humorada, feliz supera muitos que oferecem mais beleza e perfeição física qu ela.

Infelizmente, a nossa sociedade troca a “cultura da alma” pela “cultura do corpo”. A prova disso é que nunca as cidades estiveram tão repletas de academias de ginástica, salões de beleza, cosméticos, cirurgias plásticas, etc., como hoje. Investe-se ao máximo naquilo que é a dimensão mais inferior do ser humano – embora importante – o corpo. É claro que todas as moças querem namorar um rapaz bonito, e também o mesmo vale para os jovens, mas nunca se esqueça de que o mais importante é “invisível aos olhos”.

O que é visível desaparece um dia, inexoravelmente ficará velho com o passar do tempo. Aquilo que você não vê: o caráter da pessoa, a sua simpatia que se mostra sempre atrás de um sorriso fácil e gratuito, o seu bom coração, a sua tolerância com os erros dos outros, as suas boas atitudes, etc., isso tudo não passará, isso o tempo não poderá destruir. É o que vale.

Se você comprar uma pedra preciosa só por causa do seu brilho, talvez você compre uma “jóia” falsa. É preciso que você conheça a sua constituição e o seu peso. O povo diz muito bem que “nem tudo que reluz é ouro”. Se você se frustra no plano físico, poderá ainda se realizar nos planos superiores da vida: o sensível, o racional e o espiritual. Mas, se você se frustrar nos níveis superiores, não haverá compensação no nível físico, porque ele é o inferior, o mais baixo.

A sua felicidade não está na cor da pele, no tipo do seu cabelo e na altura do seu corpo, mas na grandeza da sua alma. Você já reparou quantos belos e belas artistas terminam de maneira trágica a vida? Nem a fama mundial, nem o dinheiro em abundância, nem os “amores” mil, foram suficientes para fazê-los felizes. Faltou cultivar o que é essencial; aquilo que é invisível aos olhos. Tenho visto muitas garotas frustradas porque não têm aquele corpinho de manequim, ou aquele cabelo das moças que fazem as propagandas dos “Shampoos” ; mas isto não é o mais importante, porque acaba.

A vida é curta - mesmo que você jovem não perceba – e, por isso, não podemos gasta-la com aquilo que acaba com o tempo. Os homens de todos os tempos sempre quiseram construir obras que vencessem os séculos. Ainda hoje você pode ver as pirâmides de 4000 anos do Egito, o Coliseu romano de 2000 anos, e tantas obras fantásticas. Mas a obra mais linda e mais duradoura é aquela que se constrói na alma, porque esta é imortal. Portanto, ao escolher o namorado, não se prenda nas aparências físicas, mas desça até as profundezas da sua alma. Busque lá os seus valores.


Escritor: Prof. Felipe Aquino - membro da comunidade Canção Nova

Seitas e religiões (Maçonaria)!!!


                              Seitas e religiões (Maçonaria)

O Blog Católico, tende neste espaço, apresentar várias denominações religiosas Cristãs e Não-Cristãs (histórias, fundadores, curiosidades, doutrina) de forma a orientar nossos jovens sobre a existencia das inumeras denominações religiosa, com objetivo catequético, pastoral e formador.

Maçonaria (Por Pe. Alberto Gambarini)

A maçonaria tem uma origem difícil de ser comprovada. Alguns afirmam remontar ao tempo anterior ao dilúvio de um tal Jabal, construtor contratado por Caim e Enoch. Jabal ensinou uma arte secreta para trabalhar com lâminas de ouro. Esses conhecimentos chegaram a Abraão, por meio de quem seriam transmitidos aos egípcios. Estes os transmitiram aos Judeus, que alcançaram o seu apogeu na construção do templo de Salomão. Depois da destruição do templo, o conhecimento teria passado para os cristãos. Os depositários desses segredos seriam os "quatro santos coroados" e Santo Albano na Inglaterra, o qual com a ajuda do rei Athelstan os teria codificado.
A maioria dos estudiosos não aceita essa primeira origem, ela é considerada um tanto fantasiosa. Admiti-se que a origem remota da maçonaria moderna( franco-maçonaria = pedreiros livres) desenvolveu-se a partir das organizações medievais que agrupavam arquitetos, mestres- de- obras e pedreiros, os quais, por construírem castelos e igrejas eram considerados espiritualmente nobres.
Tinham como meta construir a liberdade e a tolerância e o aperfeiçoamento da humanidade. Professavam a existência de um Principio Criador, sob a denominação de Grande Arquiteto do Universo.


A maçonaria, conforme é conhecida até os nossos dias, foi criada em 24 de junho de 1717, como a fundação da Grande Loja da Inglaterra. Surgiu da iniciativa dos pastores protestantes ingleses James Anderson e J. T. Desaguliers. No ano de 1723, Anderson elabora a primeira Constituição maçônica. A partir de então a maçonaria adotou uma forma de organização política que deveria conservar daí por diante.
Durante o século XVIII surgiram lojas na Europa e na América. Com o tempo os maçons tornaram-se anticlericais, sendo por isso, excomungados pela Igreja Católica (1738). Após a cisão que resultou na fundação do Grande Oriente, na França, em 1773, a maçonaria alcançou o apogeu, tendo importante papel nos acontecimentos da Revolução Francesa.


A maçonaria tem como principio professar as mais diversas religiões. Como no Brasil a grande maioria dos brasileiros é cristã, adota-se a Bíblia como livro da lei. Em outra nação, o livro que ocupa o lugar de destaque no Templo poderá ser o Alcorão, o Tora, o livro de Maomé, os Vedas etc., de acordo com a religião de seus membros.
Em 24 de abril de 1738, o papa Clemente XII escreve a encíclica IN EMINENTI, em que condenou abertamente pela primeira vez a maçonaria. A partir dessa palavra oficial da Igreja foi proibido aos católicos pertencer á maçonaria.


Nos séculos seguintes inúmeros papas confirmaram essa mesma posição por meio de diferentes documentos:
· Benedicto XIV, Providas, 18 de maio de1751.
· Pio VII, Ecclesiam a Jesu Chisto, 13 de setembro de 1821.
· LeãoXII, Quo Graviora, 13 de março de 1825.
· Pio VIII, Traditi Humilitati, 24 de maio de 1829.
· Gregório XVI, Mirari Vos, encíclica, 15 de agosto de 1832.
· Pio IX, Qui Pluribus, encíclica, 9 de novembro de 1846.
· Leão XIII, Humanum Genus, encíclica, 20 de abril de 1884.
· Leão XIII, Dall Alto Dell Apostólico, Seggio, encíclica, de 15 de outubro de 1890.
A encíclica HUMANUM GENUS, escrita por Leão XIII, é um das mais fortes e extensas no que diz respeito a indicar os erros da maçonaria e sua incompatibilidade com a doutrina cristã.O papa ensina, nessa encíclica, que a Igreja católica e a maçonaria são como dois reinos em guerra.
Entre os pontos principais apresentados por Leão XIII sobre os erros da maçonaria, destacam-se:
- a finalidade da maçonaria é destruir toda ordem religiosa e política do mundo inspirada pelos ensinamentos cristãos e substituí-las por uma nova ordem de acordo com suas idéias.
- Suas idéias procedem de um mero "naturalismo". A doutrina fundamental do naturalismo é a crença de que a natureza e a razão humana devem guiar tudo.
- A maçonaria apresenta -se como religião natural do homem. Por isso afirma ter sua origem no começo da história da humanidade.
- O conceito de DEUS é diferente daquele apresentado na Bíblia e na doutrina católica. Para a maçonaria, DEUS é um conceito filosófico e natural. DEUS passa a ser a imagem do homem. Por isso, não existe uma clara distinção entre o espírito imortal do homem e DEUS.
- A maçonaria nega a possibilidade de DEUS ter ensinado algo.
- Não aceita ser entendida pela inteligência humana.
- A maçonaria estimula o sincretismo religioso, isto é, a mistura das mais diferentes crenças.
- A maçonaria compara a Igreja católica a uma seita.
Por não falar da maçonaria, alguns católicos, pensaram que esse cânon não se aplicasse a ela. Surgiu um impasse: teria acabado a proibição para os católicos participarem das lojas maçônicas? Para esclarecer essa dúvida, em 26 de novembro de 1983, a Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé publicou a Declaração sobre as Associações maçônicas,
QUAESITUM EST:
"Foi perguntado se mudou o parecer da Igreja a respeito da maçonaria pelo fato de que no novo Código de Direito Canônico ela não vem expressamente mencionada como no Código anterior.
Esta Sagrada Congregação quer responder que tal circunstância é devida a um critério redacional seguido também quanto ás outras associações igualmente não mencionadas, uma vez que estão compreendidas em categorias mais amplas.
Permanece, portanto, imutável o parecer negativo da Igreja a respeito das associações maçônicas, pois os seus princípios foram sempre considerados inconciliáveis com a doutrina da Igreja e por isso permanece proibida a inscrição nelas. Os fiéis que pertencem ás associações maçônicas estão em estado de pecado grave e não podem aproximar-se da Sagrada Comunhão. Não compete ás autoridades eclesiásticas locais pronunciarem-se sobre a natureza das associações maçônicas com juízo que implique derrogação de quanto foi acima estabelecido, e isto segundo a mente da Declaração desta Sagrada Congregação, de 17 de fevereiro de 1981"( cf. AAS 73,1981,pp. 240-241).
O Sumo Pontífice João Paulo II, durante audiência concedida ao subscrito Cardeal Prefeito, aprovou a presente declaração, decidida na reunião ordinária desta Sagrada Congregação, e ordenou a sua publicação.


Roma, da Sede da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, 26 de novembro de 1983.
Joseph Card. Ratzinger.
PREFEITO

+ Fr. Jérôme Hamer, O.P.
SECRETÁRIO.

Pentecostes!!!

                                                      Pentecostes
Pentecostes.jpg

   Pentecostes era uma festa de grande alegria e ação de graças para os judeus por celebrar a colheita do trigo. Vinha gente de todas as partes: judeus saudosos que voltavam a Jerusalém, trazendo também pagãos amigos e prosélitos. Quando também eram oferecidas as primícias das colheitas no templo. Era também chamada "festa das sete semanas" por ser comemorada sete semanas depois da festa da Páscoa, no quinquagésimo dia. Daí o nome Pentecostes, que significa "quinquagésimo dia".


No primeiro Pentecostes depois da Morte de Jesus, cinquenta dias depois da Páscoa, o Espírito Santo desceu sobre a comunidade cristã de Jerusalém na forma de línguas de fogo; todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas (cf. At 2,1-4). As primícias da colheita aconteceram naquele dia, pois foram muitos os que se converteram e foram recolhidos para o Reino de Deus.
Quem é o Espírito Santo?


O Prometido por Jesus: "[...] ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem a realização da promessa do Pai, a qual, disse Ele, ouvistes da minha boca: João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo dentro de poucos dias" (At 1,4-5).


Espírito, que procede do Pai e do Filho: "Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade que vem do Pai, Ele dará testemunho de mim e vós também dareis testemunho [...]" (Jo 15 26-27). O Espírito Santo é Deus com o Pai e com o Filho. Sua presença traz consigo o Filho e o Pai. Por Ele somos filhos no Filho e estamos em comunhão com o Pai.

Nossos Sonhos!!


                                                            Nossos Sonhos.

                       


Começo este pensamento questionando a todos que lêem este texto.


 “O que é sonho?”


(Consegue definir?)


Bem, sonho é um desejo que temos de ir além, desejo de modificar certas situações, fugir das mesmices, revolucionar, sair da nossa posição de conforto e buscar coisas novas, que nos levem adiante.
Pois bem, desta maneira podemos imaginar o sonho como a lenha que move a nossa locomotiva, a lenha que esquenta o nosso coração e alimenta os nossos desejos, sempre impulsionando e fazendo modificar a nossa atuação posição.
Acredito que todos tem sonhos, e se não tem agora, tiveram antes. Quando criança, por exemplo, sonhávamos e ganhar presentes, em fazer o bem, em se tornar adulto. Quando adolescentes sonhávamos em nos tornar adultos, tirar a carteira de direção, em ser independentes ou quem sabe ganhar aquela festa. Quando adultos sonhamos com um curso superior, em ter estabilidade financeira, psicológica, alcançar certas respostas e até mesmo tornar a ser criança.


Você se lembra dos seus sonhos de infância? e, os sonhos atuais?


Quando realizamos um encontro de grupo de jovens, sonhamos em encontrar Jesus, em achar respostas, encontrar a pessoa de sua vida ou fazer grandes amigos.


Não é mesmo?


Podemos perceber que os sonhos nos acompanham. No tempo de Jesus também era assim, haviam pessoas muito sonhadoras. Para percebermos um exemplo de sonho ou melhor desejo, observemos a passagem de Mateus 14, 22 a 31.
Para aqueles que não se lembram, esta passagem é aquela em que Pedro, ao ver Jesus Andando sobre as águas, desejou ir até Cristo andando sobre as águas.
Ai vocês podem se questionar, mas essa passagem não fala sobre sonho? Realmente ela não fala sobre sonho especificamente, mas diz sobre o desejo que Pedro teve naquele momento de ir ao encontro de Jesus, andando sobre as águas.
O que faltou a Pedro para não conseguir chegar até Jesus?


CONFIANÇA?   FÉ?


O sonho que é o nosso combustível para andar para frente, precisa também de outros elementos para acontecer, o primeiro é a confiança. Confiar é você não duvidar, não questionar, é você trazer dentro de si a certeza que tudo dará certo, e, Fé segundo Padre Fabio de Melo, é você estar em um lugar escuro e ter a certeza que ao dar o primeiro passo, terá um chão firme para pisar, ou seja, é você não ter certeza do caminho que está andando, mas acreditar que aquele que o conduz, sabe aonde te leva.
A Pedro faltou confiança que o seu desejo era possível de se realizar, e, a nós, o que falta para que possamos acreditar ou alcançar os nossos sonhos?
Vivemos em mundo em que não temos muitas pessoas que compram os nossos os sonhos, sempre que abrimos a boca para contar um desejo, somos desencorajados, desanimados, e o pior é que preferimos ouvir a voz destas pessoas do que confiar em nossas potencialidades.
No catecismo católico temos uma verdadeira demonstração do que devemos empreender para alcançar os nossos sonhos, é um exemplo de Fé e Confiança. Ensina o Catecismo Católico: “REZE COMO SE TUDO DEPENDESSE DE DEUS, TRABALHE COMO SE TUDO DEPENDESSE DE VOCÊ”.
Ora, temos aqui o necessário para alcançar os nossos sonhos, então, pergunto novamente, O QUE NOS FALTA PARA ALCANÇAR OS NOSSOS SONHOS?
Durante a nossa caminhada somos educados a imaginar o Demônio, como o ser de chifres e cara feia, que anda com um tridente e fica nos espetando, mas na verdade, o mal não se veste assim, o mal na maioria das vezes se reveste em nós mesmos.
Somos às vezes o nosso demônio, quando permitimos que pensamentos pessimistas invadam a nossa consciência, somos demônios dos outros quando incitamos os outros a pecar, somos demônios dos outros quando colocamos uma pá de areia em seus sonhos, sim, as vezes nos tornamos demônios dos outros.
Mas também podemos ser os anjos dos outros, ajudando-os a ir além, investindo nos seus sonhos, estando do lado. Podemos ser anjos quando nos dirigimos para as reuniões do grupo de jovens e nestas reuniões nos doamos por inteiro por Deus, pelo grupo, pelos amigos, quando estamos abertos a escutar e apoiar os sonhos, estamos dando a força necessária para que o outro alcance o ideal, e, fazendo isto, automaticamente os nossos sonhos vão se encaminhando, pois a maior recompensa que temos é fazer o bem, e, fazendo o bem e confiando em Deus, Deus vai trabalhando em nossa vida, vai tomando a direção do nosso barco e os nossos sonhos vão se realizando no momento certo e da forma certa.
Lembremos aqui daquela mulher que diz o evangelho de São Marcos, no capítulo 5, 25 a 34.
Ela sofria de hemorragia, e durante anos sonhou com a sua cura, havia procurado todos os meios possíveis para alcançar a graça, e mesmo após tantas decepções, confiou em Jesus e se apegou nesta graça, como se fosse a ultima e única graça, a ultima forma de ser curada.


O que aconteceu?


Ela correu em direção a Jesus e tocou a suas vestes e foi curada.
Esta caminhada até Jesus, imagino que tenha sido dolorosa para esta mulher, afinal de contas, muitas pessoas estavam ali e desejavam ver Jesus, muitas pessoas devem ter empurrado esta mulher, ofendido, derrubado, ela deve ter sofrido muito, mas não desistiu, confiou em seu desejo e correu atrás do seu ideal.
Ela não desistiu dos sonhos dela, não desconfiou, mas sim, CONFIOU, teve FÉ na realidade do seu sonho.
Viver sem sonhos, não é viver, quem não sonha e confia entrega-se facilmente ao desanimo, quem não sonha e confia retira a sua vida e acaba com a vida e sonhos das outras pessoas.
O que te impede de sonhar hoje?
O que impede você de alcançar os seus desejos? São os seus pecados? Sua falta de fé?
Neste momento convido-os a escrever em uma folha, o que impede vocês de sonhar. (pecados, desânimos, brigas) tudo que os desanimam.
Escrevam em outro pedaço de papel, todos os seus sonhos.
Peço que reflitam sobre os dois papeis, depois, guardem os seus sonhos dentro de sua bíblia e os empecilhos, peço que queimem e percebam como estes impedimentos se vão.
O meu papel, na época em que fiz, ficou na minha bíblia por 03 anos, sem se quer eu lembrar, depois que o encontrei por acaso, abri e li, e dos três sonhos que havia colocado, 2 se realizaram, o outro ainda espero confiante, fazendo a minha parte.
A Pedro faltou CONFIANÇA, a mulher sobrou FÈ, e a nós, o que nos falta?
Pense nisso.

Fidelidade!!


                                                                                       Fidelidade

A Fidelidade se tornou uma mistura de dois extremos em nossa sociedade, afinal de contas transformou-se em algo obsoleto para uns e essencial para outros. Para os primeiros, a fidelidade não é tão essencial em uma cultural moldada para o liberalismo excessivo, onde tudo é permitido, desde que a lei não me proíba, desta forma, desenvolve-se uma crescente onda no sentido de mostrar a toda a sociedade que aquela visão de permanecer em uma só reta, ou focar-se em um ideal além de ser “chato” é impossível.


Aos que defendem a Fidelidade, baseiam-se justamente no alto controle, onde o espírito se torna superior aos desejos instantâneos, ou momentâneos e a certeza de que, muita embora exista corrente contrária, o objetivo final é o que importa.
Fui a missa há um tempo atrás, e, comecei a observar a imagem da cruz de Cristo, e pude nela refletir como Jesus foi fiel a um ideal, como ele foi capaz de permanecer reto, firme, inamovível em seus projetos.
Jesus Cristo nos mostra um verdadeiro exemplo de Fidelidade, afinal de contas ele podia ter evitado a morte em cruz, ele podia ter afastado o sofrimento, mas nos mostrou através de sua essência humana, como é possível manter-se firme em um propósito.
O que mais me encanta em Cristo é justamente o fato dele se lançar em águas tão profundas, sem questionar se daria certo, afinal de contas ele sempre esperava das pessoas o interesse em encontrar a Deus, no entanto, podemos dizer ou pensar que para Cristo era fácil, afinal de contas ele era filho de Deus, mas conseguimos ao longo dos relatos Bíblicos conhecer outras pessoas fiéis aos propósitos celestes. João Batista, por exemplo, em uma das narrativas do evangelho, disse que “não era Cristo, nem Elias”, e que vinha para anunciar a vinda de alguém que ainda não conhecia.
João foi Fiel ao chamado de Deus em sua vida, a ponto de viver em total pobreza e supressão de prazeres em prol do anuncio de Deus. Também podemos dizer que Deus já havia escrito o trajeto de João Batista, e, por isto ele permaneceu fiel, ora, Deus escreve a vida de todos nós, e, sempre dá um “jeitinho” de nos colocar em seu caminho, mas sempre fugimos deste chamado, pois nem sempre o desejo de Deus é o nosso desejo (livre arbítrio).
A Fidelidade se tornou um sofrimento, justamente porque não conseguimos definir um ideal, traçar metas, sempre pensamos que a rotina nos desanima, mas Fidelidade não é rotina, Fidelidade é manter-se com Fé inabalável, mesmo que exista tormentos/tempestades, Fidelidade é segurarmos firmes nos projetos divinos e nos ensinamentos bíblicos, Fidelidade é buscarmos conhecimentos sobre os nossos propósitos, é seguirmos uma rota e conhecermos a sua chegada, mesmo que durante o trajeto algumas coisas tentem mudar a nossa Direção.
Ser Fiel é acreditar e confiar plenamente nos desígnios e propósitos de Deus, afinal de contas, ele sempre nos fala no coração, mas não confiamos neste chamado, preferimos achar que por esforço próprio podemos tudo, observemos hoje a realidade de nossa Paróquia, onde temos muitas pessoas no templo, mas poucas pessoas em missão; e em nossos grupo de jovens, onde entramos as vezes com um objetivo de ser de Cristo e em menos de uma mês nos tornamos do mundo; na vida pessoal então, que plantamos alguns sonhos, mas não o regamos e somos os primeiros a matá-los.
No Final deste texto, gostaria de lembrar aqui dos Três Reis Magos, que avistaram uma estrela diferente no céu e foram em busca, no meio do caminho com certeza tiveram dificuldades, problemas, mas seguiram atrás do sonho de ver aquele que viria para libertar a todos, não se deixaram desviar por outras estrelas menores que por ventura surgiram, e, quando encontraram o que procurava, ainda escutaram a Deus e mudaram o seu trajeto para que tudo ocorre-se como Deus desejou.
Quantas estrelas buscamos? Quantas estrelas abrimos mão de seguir? Quantos Herodes apareceram em nossas vidas? Quando tivemos a ousadia de mudar os nossos caminhos para alcançar um ideal?, bem estas perguntas tem respostas variadas, mas todas deságuam na Fidelidade de confiar no caminho e sonho traçado.


Pense Nisso!
Jesus Te Ama!!!

Evangelho do Dia!!!

                                                  Evangelho do Dia- 22/05/2012
                                                                                                         Jo 17, 1-11a

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, 1Jesus ergueu os olhos ao céu e disse: “Pai, chegou a hora. Glorifica o teu Filho, para que o teu Filho te glorifique a ti, 2e, porque lhe deste poder sobre todo homem, ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe confiaste.
3Ora, a vida eterna é esta: que eles te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo. 4Eu te glorifiquei na terra e levei a termo a obra que me deste para fazer. 5E agora, Pai, glorifica-me junto de ti, com a glória que eu tinha junto de ti antes que o mundo existisse.
6Manifestei o teu nome aos homens que tu me deste do meio do mundo. Eram teus, e tu os confiaste a mim, e eles guardaram a tua palavra. 7Agora eles sabem que tudo quanto me deste vem de ti, 8pois dei-lhes as palavras que tu me deste, e eles as acolheram, e reconheceram verdadeiramente que eu saí de ti e acreditaram que tu me enviaste.
9Eu te rogo por eles. Não te rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. 10Tudo o que é meu é teu e tudo o que é teu é meu. E eu sou glorificado neles. 11aJá não estou no mundo, mas eles permanecem no mundo, enquanto eu vou para junto de ti”. 




- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.




segunda-feira, 21 de maio de 2012

Evangelho do Dia!!

                                         Evangelho do Dia- 21/05/2012
                                                                                                 Jo 16, 29-33


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29os discípulos disseram a Jesus: “Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. 30Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isto cremos que vieste da parte de Deus”. 31Jesus respondeu: “Credes agora? 32Eis que vem a hora – e já chegou – em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só; o Pai está comigo. 33Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!”


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 20 de maio de 2012

Evangelho do dia!

                                            Evangelho do dia 20/05/2012
                                                                                                 (Marcos 16,15-20)

— O Senhor esteja convosco. 
— Ele está no meio de nós. 
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 
17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre doentes, eles ficarão curados”. 
19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 
20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.


-Palavra da Salvação:
-Glória a vós Senhor!!

sábado, 19 de maio de 2012

Aborto de anencéfalos: Bebês serão despedaçados e sugados com aspirador, explica médico à Revista Veja.!





                           Aborto por curetagem
Depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal do Brasil determinando que bebês que sofrem do defeito de nascença conhecido como anencefalia não são “legalmente” vivos e, portanto, podem ser abortados com total liberdade, médicos brasileiros estão explicando para os meios de comunicação como tais bebês realmente serão mortos sob o novo regime legal.
Numa recente entrevista para Veja, a revista noticiosa mais popular do Brasil, o vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, Dr. Carlos Vital, explicou que os médicos terão duas escolhas: “curetagem” ou “aspiração”.
Abortos de bebês anencefálicos serão realizados no segundo ou terceiro trimestre.Um aborto de curetagem usa uma faca especial para cortar a criança em pedaços, e então raspar seu corpo e placenta da parede uterina. Um aborto de aspiração usa forte sucção para despedaçar a criança, e de modo semelhante a separa de sua mãe.
De acordo com os médicos, se esses métodos são inadequados em abortos de gravidez mais avançada, o método de dilatação e evacuação seria exigido, envolvendo uma pinça que é usada para despedaçar o corpo maior do bebê.
O Dr. Vital disse para Veja que abortos em crianças anencefálicas poderiam ser realizados até o nono mês de gravidez.
O Dr. Vital acrescentou que tais abortos exigirão um comitê de médicos para apurar os “critérios adequados para diagnóstico” de anencefalia, um problema físico cuja definição exata não tem o consenso dos médicos.Os bebês anencefálicos não desenvolvem a parte superior da cabeça, inclusive o crânio e a parte de superior do cérebro. A maioria morre no útero ou logo após o nascimento, embora alguns tenham vivido alguns dias, meses e até anos com o problema.
Ainda que os profissionais médicos muitas vezes afirmem que tais crianças não estão conscientes de seu ambiente e sejam incapazes de sofrer, pais de bebês anencefálicos relatam que seus filhos mostram sinais de consciência e parecem reagir de modo muito específico a seu ambiente. Alguns médicos utilizam a teoria de que o tronco cerebral de tais bebês tem a capacidade de se adaptar às necessidades de consciência rudimentar, um fenômeno conhecido como “neuroplasticidade”.
Nos Estados Unidos, um número aproximado de 95 por cento dos bebês anencefálicos são mortos dentro do útero de suas mães.
Numa declaração pública sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal, o ativista pró-vida brasileiro Pe. Luis Lodi da Cruz chamou o veredicto de “monstruoso” e comentou que, de acordo com o ministro do STF que presidiu o caso, o aborto de uma criança anencefálica “É um procedimento semelhante à remoção de um cadáver”.
“Paradoxalmente, Marco Aurélio admite que o anencéfalo morre depois de um período pequeno de tempo. Ora, como ele pode morrer se já está morto?” perguntou o Pe. Lodi.

Evangelho do dia!

                                                  Evangelho do dia- 19/05/2012
                                                                                                                                                             Jo 16, 23b-28
E eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês pedirem ao Pai alguma coisa em meu nome, ele lhes dará. Até agora vocês não pediram nada em meu nome; peçam e receberão para que a alegria de vocês seja completa. E Jesus terminou, dizendo: - Eu digo essas coisas a vocês por meio de comparações. Mas chegará o tempo em que não falarei mais por meio de comparações, pois falarei claramente a vocês a respeito do Pai. Naquele dia vocês pedirão coisas em meu nome. E eu digo que não precisarei pedir ao Pai em favor de vocês, pois o próprio Pai os ama. Ele os ama porque vocês, de fato, me amam e crêem que vim de Deus. Eu vim do Pai e entrei no mundo. E agora deixo o mundo e vou para o Pai.


-Palavra da salvação
-Glória a vós Senhor

sexta-feira, 18 de maio de 2012

CAMPANHA SOS. SERTÃO - “Dai-lhes mesmos de comer” (Mc 6, 37)


              CAMPANHA SOS. SERTÃO - “Dai-lhes mesmos de comer” (Mc 6, 37)

Padres por favor divulguem nas Paróquias, sobretudo nas Missas do Domingo.

 CAMPANHA SOS. SERTÃO“Dai-lhes mesmos de comer” (Mc 6, 37)


 OBJETIVO: Amenizar a fomeque recai sobre os sertanejos dos vários municípios de nosso Estado.
ENTIDADES: ARQUIDIOCESE, ADCE, FE-COMERCIO, SESC, SENAC, ROTARY CLUB, RÁDIO CULTURA, ADAS, ASES, TV SERGIPE, TV ATALAIA, ENERGISA, BANCO DO BRASIL, BANESE CDLs, DIOCESE DE ESTÂNCIA E DIOCESE DE PROPRIÁ E ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, FORUM EMPRESARIAL, DEFESA CIVIL, CONAL, COOPERTALSE, LYONS CLUB, HAPVIDA E OUTROS       
   1. PROPOSTADE PRODUTOS: CESTA BÁSCIA, CONTENDO: FARINHA DE MILHO, ARROZ, FEIJÃO, FARINHA DE MANDIOCA, CAFÉ, AÇÚCAR,MACARRÃO, BISCOITO CREAM CRACKER,  ÓLEODE SOJA E SARDINHA EM LATA.  ÁGUA;
     2. LOGÍSTICA:
2.1. PONTOS DE ARRRECADAÇÃO;
2.2. PONOS DE ENTREGA: SALÕES PAROQUIAIS, SEDES PAROQUIAIS, NUNES PEIXOTO (ITABAIANA E GLÓRIA, REDE PEIXOTO) E OUTROS; AGENCIAS BANCÁRIAS; CDL etc.
2.3. TRANSPORTES;
2.4. FISCALIZAÇÃO/ACOMPANHAMENTO (PARÓQUIAS E LÍDERANÇAS PASTORAIS E COMUNITÁRIAS - DA PARÓQUIA - DEFESA CIVIL/POLÍCIA;
2.5. Em cada missa, o padre deverá anunciar acampanha. Em cada estabelecimento comercial, o sistema de som a visando aosclientes sobre a campanha.

   3. MODO DE DISTRIBUIÇÃO:  EM CADA MUNICÍPIO ATINGIDO PELA SECA, A PARÓQUIA CADASTRA AS FAMÍLIAS REALMENTE CARENTES, PREFERENCIALMENTE QUEM NÃO TEM RENDA OU APOSENTADORIA. EXIGE-SE O NºDO RG E A SUA APRESENTAÇÃO, NO ATO DA DISTRIBUIÇÃO, PARA QUE NÃO SE BURLE APROPOSTA.
   4.       META: ATINGIRMOS O MÁXIMO DE PESSOAS FLAGELADAS ENQUANTO PERDURAR A ESTIAGEM.
  5.  PEDIMOS À COORDENAÇÃO DE PASTORAL DA ARQUIDIOCESE PARA RECRUTAR OS INTEGRANTES DO TERÇO DOS HOMEMS, DOS CURSILHOS E DO ECC, ALÉM DOS JOVENS, PARA OPERACIONALIZAR A EMBALAGEM DE CESTAS QUE NÃO VIEREM PADRONIZADAS, NOS DIAS 24 E 25 DE MAIO.

“VOCÊ FAZ A DIFERENÇA! SEJA SOLIDÁRIO E PARTICIPATIVO”

Cidades da Arquidiocese de Aracaju

Nossa Senhora Aparecida / Se
São Miguel do Aleixo / Se
Feira Nova  / Se
Frei Paulo  / Se
Pinhão / Se
Carira / Se
Pedra Mole / Se 
Ficha para que as paróquias sertanejas façam o cadastramento dos atingidos pela sede e pela fome.

CAMPANHA SOS SERTÃO - 2012
Arquidiocese, Diocese de Estância,  Diocese de Propriá, CDL, Fe comercio, Lyons club, Rotary club, ASES, ADAS, CONAL, ADCE, Banco do Brasil, Banese, Defesa Civil, Coopertalse, Hapvida, TV Atalaia, TV Sergipe, Rádio Cultura, Associação Comercial, Associação do comércio, grupo Peixoto e outros
 Assistido (a)_______________________________________________RG nº_______________
Endereço____________________________________________________________________
Apelido:________________Comunidade__________________ Município_________________
Agente cadastral_______________________              data ___/___/_____  Senha   _________________


 

Visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Divina Pastora!


Visita da Imagem Peregrina de nossa senhora Divina pastora
Em comemoração aos 230 Anos da chegada dessa devoção em Terra Brasileira
De 22 a 30 de Maio- Cumbe/Se


É com enorme prazer que o Padre André Menezes Santos convida a todos os Paroquianos para participar da acolhida da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Divina Pastora. 
       
Programação:

Dia 22 - 19h - Chegada da Imagem Peregrina. Acolhida no Início da Avenida Leandro Maciel
Dia 23- 19h - Missa na Comunidade Santa Terezinha
Dia 24 – 19h -Missa na Comunidade São Francisco
Dia 25 – 19h -Missa Na comunidade Santo Antônio de Pádua
Dia 26 – 18h – Terço Mariano
Dia 27- 19h -Missa na Matriz com todas as Comunidades do Inteiror
Dia 28- 19h -Missa na Comunidade Santo Antônio Galvão (Frei Galvão)
Dia 29 – 19h – Missa na Matriz e Coroação de Nossa Senhora
Dia 30 – 17h -Despedida da Imagem
   19h- Missa na Igreja de Divina Pastora (Paróquia São João Evangelista e Paróquia N.Srª. Divina Pastora)

"Não Percam esse momento especial, de graças de bençãos de Nosso Senhor em  intercessão de Nossa Senhora Divina Pastora." 

Evangelho do dia!

                                              Evangelho do dia- 18/05/2012

                                                                                                                      Jo 16, 20-23a

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 20"Em verdade, em verdade vos digo: Vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria. 21A mulher, quando deve dar à luz, fica angustiada porque chegou a sua hora; mas, depois que a criança nasceu, ela já não se lembra dos sofrimentos, por causa da alegria de um homem ter vindo ao mundo. 22Também vós agora sentis tristeza, mas eu hei de ver-vos novamente e o vosso coração se alegrará, e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria. 23aNaquele dia, não me perguntareis mais nada".


- Palavra da salvação
- Glória a Vós, Senhor.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Corpo de padre Rufus Pereira é velado na Índia


Corpo de padre Rufus Pereira é velado na Índia



Arquivo / Canção Nova
Padre Rufus esteve na sede da Comunidade Canção Nova sete vezes conduzindo encontros de cura e libertação
O corpo do padre Rufus Pereira está sendo velado nesta quinta-feira, 17, na casa de seus familiares na cidade de Mumbai, na Índia.

sacerdote indiano faleceu na madrugada da quarta-feira, 2,em Londres, na Inglaterra. Segundo sua secretária pessoal, Érika Gibello, a causa da morte foi uma parada cardíaca. Até a terça-feira, 15, o corpo permaneceu em Londres. Depois de uma Missa na paróquia de St. James, o corpo foi levado de avião para a Índia.

Nesta sexta-feira, 18, ele será transportado para o ColégioNational Charismatic Bible, onde padre Rufus foi diretor por vários anos, lá receberá as últimas homenagens.

O Arcebispo de Mumbai, Cardeal Oswald Gracias, celebrará a Missa de Corpo Presente neste sábado, 19, na Igreja St. Andrews, no bairro de Bandra, também em Mumbai, na Índia. Logo em seguida, o corpo será sepultado.

Você sabia que a IGREJA DE CRISTO sempre teve IMAGENS a VENERAR?


Concílio de Niceia II (ano 787) : “nós definimos com todo o rigor e cuidado que, à semelhança da representação da cruz preciosa e vivificante, assim as venerandas e sagradas imagens pintadas quer em mosaico, quer em qualquer outro material adaptado, devem ser expostas nas santas igrejas de Deus, nas alfaias sagradas, nos paramentos sagrados, nas paredes e nas mesas, nas casas e ruas”.
 


Tecnologia do Blogger.